domingo, 19 de julho de 2009

Dazaranha no London

Há anos eu vejo esta banda e cada vez melhor. Ainda lembro das primeiras apresentações tímidas em Floripa, depois aqui em Jaraguá mesmo, do tempo em que faziam apresentações de capoeira no palco.
O que me impressiona realmente é a empatia que existe entre a banda e o povo.
Depois de acompanhar muitos shows, até por ter trabalhado em produção, vi muitas vezes o povo esperar uma banda, mas, ao fim de duas ou tres músicas, já se espalhar, nem prestar muita atenção, por que eles estão ali mais para beber e namorar. Isso não acontece quando o Daza chega. A galera não arreda o pé, canta sem parar e é fidelíssima a banda.
Ontem fui vê-los no London Pub, do nosso querido Chico Piermann e, curti cada momentinho. Acompanhada do meu fiel amigo Zequinha, curtimos demais a galera do Daza.



A energia do momento foi uma coisa fora do normal. O povo foi chegando e foi ficando, realmente não arredava o pé, queria curtir. A ida ao banheiro, no lugar apinhado de gente era uma verdadeira incursão esfregatícia... hahahha. Um tal de rossar e encoxar que não tinha fim. Era seguir em frente sem dar muita atenção ao que podia rolar.Com meu amigo Zeca abrindo caminho a coisa ficou mais fácil. Meu bem, meu bem, pode ir pra frente que eu to indo também...
O povo fica com aquela cara não muito simpática, achando que você está louco para roubar seu lugar... hahaha... é muito engraçado, fazem cara feia, ficam duros feito muralhas, viram de bunda para não correrem o risco de ceder a um olhar pedichão, querendo passar... Eu particularmente odeio esse sufoco, mas, pelo Daza, valeu, valeu cada encoxada que eu levei na travessia.
O ângulo do filme não ficou lá aquelas coisas, mas, dá para ter noção do que foi a noite.O conforto foi quase impossível, mas, com os amigos e a cerveja geladinha supera-se qualquer situação.

video

Nenhum comentário: